baixe nosso aplicativo

Vereadores denunciam ambulâncias paradas e máquinas de hemodiálise encaixotadas em JP

No início de maio, vereadores da oposição também denunciaram abandono em Unidades de Saúde da Família

Por: Blog do Gordinho

1

icones whats

Vereadores de oposição fizeram novas denúncias contra a gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), nesta sexta-feira (19). Em entrevista ao programa Correio Debate, da 98 FM, eles relataram casos de descaso com a saúde pública do município, como ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) paradas, e máquinas de hemodiálise ainda encaixotadas.

Leia também: Cartaxo coloca em dúvida cumprimento do Orçamento Impositivo; vereadores defendem emenda

De acordo com o vereador Eduardo Carneiro (PRTB), das 24 ambulâncias da frota do Samu, 14 estão quebradas, o que representa quase 60% dos veículos que prestam atendimento móvel na cidade.

“Pedi informação para a PMJP, mas não fui respondido. Passei a investigar o funcionamento do Samu e descobri essa lamentável situação”, disse.

Já o líder da oposição na Câmara Municipal, vereador Bruno Farias (PPS), denunciou que 40 máquinas de hemodiálise, adquiridas na gestão do então prefeito Luciano Agra, ainda estão sem uso e abandonadas no Hospital Santa Isabel.

“As 40 máquinas de hemodiálise continuam encaixotadas. As pessoas estão fazendo diálise em clínicas e hospitais conveniados e já há denúncia sendo apurada pelo Ministério Público dando conta que esses pacientes foram contaminadas com vírus da hepatite C”, relatou.

Ainda em 2016, o secretário de Saúde da PMJP, Adalberto Fulgêncio, chegou a afirmar que a compra dos equipados na gestão de Agra foi um equívoco.

Outras denúncias

No início de maio, vereadores da oposição também denunciaram abandono em Unidades de Saúde da Família. Em visitas realizadas pelos vereadores Bruno Farias e Leo Bezerra (PSB), ficou constatado que uma das unidades antes das 16h já havia encerrado suas atividades e em outra não tinha médico em atendimento.