baixe nosso aplicativo

Tião Gomes rebate diretor do Livres e não abre mão da presidência do PSL: “Ganha quem tem voto”

Deputado adotou discurso duro para rebater cúpula do Movimento Livres

Por: Blog do Gordinho

0

icones whats

A crise no Movimento Livres – Renovação do PSL ganhou mais um capítulo, nesta terça-feira (12), com o presidente do PSL, o deputado estadual Tião Gomes, rebatendo o diretor de comunicação do Livres, Mano Ferreira, depois de ser colocado em xeque pela nova cúpula da legenda.

“Ganha quem tem voto e organização no partido”, retrucou.

“Tenho 12 anos no partido e Lucas [de Brito, vereador] chegou agora. Temos de respeitar democraticamente tudo. Se ele quer ser presidente se candidate.  Não comungo com esse pensamento do Livres. O PSL está muito bem na Paraíba e divergência se resolve dentro”, disse Tião em resposta a Mano Ferreira, que ontem colocou em xeque a presidência do parlamentar.

Mano defende que Tião se afaste da nova legenda por não se adequar com a modernidade do partido e sugeriu que o vereador Lucas de Brito seja o nome forte do Movimento Livres.

Tião atacou: “Temos uma grande estrutura hoje, são três deputados [estaduais]. Não pode chegar um menino buchudo querendo impor o raciocínio dele. Não comungo com o que o livres quer. Temos um controle. Se querem mudar terão de mudar no voto”,  finalizou.

Desde 2016, a partir da esperança de transformação política do Brasil, lideranças de diversas organizações em defesa da liberdade juntam-se para fundar o Livres, uma startup incubada como tendência partidária dentro do Partido Social Liberal (PSL) com a missão de renovar o partido organicamente, de baixo para cima.