baixe nosso aplicativo

Presidente da Aesa garante aumento do nível em Boqueirão: “O volume morto já desapareceu faz tempo”

João Fernandes disse que a água para atender aos municípios está garantida e que o açude deve manter ritmo de crescimento

Por: Blog do Gordinho

0

icones whats

O presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) garantiu, nesta quinta-feira (19), que o volume do açude Boqueirão, que abastece Campina Grande e outras 18 cidades, está aumentando a cada dia, diferente do que pregavam os defensores da volta do racionamento na região. De acordo com o João Fernandes, a água para atender aos municípios está garantida após quase dois meses do fim do racionamento e o volume do açude deve seguir em ritmo de crescimento satisfatório até o final do ano.

Leia mais: Chegada de água da transposição pelo Eixo Norte não deve acontecer antes de junho, diz deputado

“O volume morto já desapareceu faz tempo. Quando chegou a 33,80 milhões e metros cúbicos, o açude de Boqueirão já poderia ter retomado o abastecimento, mas esperamos mais tempo para garantir a água”, explicou Fernandes. Ele voltou a criticar as ações que tentam impedir a liberação das águas da transposição para o abastecimento da região tendo como base o risco de retorno ao volume crítico do açude. Na opinião do presidente da Aesa, houve politização e judicialização do tema. “Hoje nós temos mais de 37 milhões de metros cúbicos no açude de Boqueirão e isso é a prova de que o volume está aumentando todo dia”, declarou. “A água da transposição veio para dar segurança hídrica às cidades. Para essas está garantida, o que não temos ainda é para irrigação”, prosseguiu.

João Fernandes informou ainda que o volume de água que chega em Monteiro (primeira etapa da transposição do Rio São Francisco na Paraíba) tem ficado em torno dos 5 metros cúbicos por dia, mas adiantou que esse número deve cair. “É bom que se diga logo que, em março, só deve chegar 4 metros por dia porque Pernambuco ainda não está aproveitando a água da transposição, por isso está sobrando em Boqueirão. Enquanto isso, vamos acumular mais água para atender o companheiros do médio Paraíba”.