baixe nosso aplicativo

Políticos são vaiados em Aparecida após exibição de vídeo ‘surpresa’ do Papa

Alckmin, Kassab e Imbassahy receberam apupos durante anúncio das autoridades presentes às comemorações dos 300 anos do encontro da imagem da Santa

Por: Blog do Gordinho

0

icones whats

A multidão que toma Aparecida para as comemorações dos 300 anos do encontro da estátua da Santa padroeira do Brasil nesta quinta-feira não perdoou os políticos que foram às celebrações. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD), e o secretário de Governo da Presidência, Antonio Imbassahy (PSDB), foram vaiados assim que seus nomes foram mencionados durante anúncio das autoridades presentes à cerimônia.

A apresentação das autoridades se seguiu a um vídeo “surpresa” do Papa Francisco exibido nos telões instalados nos arredores da Basílica de Nossa Senhora Aparecida na missa especial ao ar livre do jubileu. Na mensagem de cerca de seis minutos, o Pontífice lembrou sua visita ao Brasil por ocasião da Jornada Mundial da Juventude em 2013, na qual tinha prometido voltar ao país para a padroeira, e pediu desculpas aos católicos brasileiros por não ter conseguido cumprir a promessa.

“A vida de um Papa não é fácil. Por isso, quis nomear o cardeal Giovanni Battista Re como Delegado Pontifício para as celebrações do dia 12 de outubro. Confiei a ele a missão de garantir assim a presença do Papa entre vocês!”, disse Francisco, em português, numa referência ao cardeal italiano que enviou como seu representante para as comemorações.

O Papa também pediu que os brasileiros mantenham a esperança em dias melhores diante da crise econômica. Mais cedo, nas suas contas na rede social Twitter, Francisco lembrou o desemprego no Brasil ao enviar uma benção especial aos que “procuram trabalho”.

“ Esperança, querido povo brasileiro, é a virtude que deve permear os corações dos que creem, sobretudo, quando ao nosso redor as situações de desespero parecem querer nos desanimar. Não se deixem vencer pelo desânimo”, urgiu o Pontífice. “Confiem em Deus, confiem na intercessão de nossa Mãe Aparecida”, acrescentou, antes de encerrar afirmando estar “com saudades do Brasil”.

OGlobo