baixe nosso aplicativo

Nabor defende inclusão do PSDB em proposta de união para 2018: “Não podemos descartar ninguém”

Deputado é adversário do grupo tucano do atual prefeito de Patos, Dinaldinho, para quem o parlamentar perdeu as eleições municipais do ano passado

Por: Blog do Gordinho

0

icones whats

O deputado Nabor Wanderley é mais um parlamentar que vem engrossando o coro da união de várias legendas em torno de uma candidatura única ao governo do estado para as eleições de 2018. O peemedebista, que é aliado do governador Ricardo Coutinho (PSB) na Assembleia Legislativa da Paraíba, defende que uma união geral dos partidos que inclui, até mesmo, o PSDB: “Se falamos em união para o estado não podemos descartar ninguém. Se é para trabalhar a união, ela tem que ser de todos”, argumenta.

Leia mais: Luciano Cartaxo descarta união do PSD, PMDB e PSB para 2018: “Já temos uma aliança”

Nabor espera que PMDB considere o desejo da maioria na construção de uma unidade em 2018

Nabor é adversário do grupo tucano do atual prefeito de Patos, Dinaldinho, para quem o parlamentar perdeu as eleições municipais do ano passado. Apesar de defender a união, ele garante que, se ela ocorresse, ficaria de fora do palanque. “Fica difícil estar no mesmo palaque em Patos pois somos adversários e não tenho a menor condição de fazer isso. Estamos falando de algo mais geral”,justificou.

Sobre a proposta em torno de um projeto para governo do estado, o peemedebista avaliou que se fosse possível unir a Paraíba, do ponto de vista político e administrativo, esta seria a melhor opção. “É uma ideia que não pode ser descartada”, disse.

Ele ainda comentou a viabilidade de agregar o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) nesse projeto e destacou que o gestor tem feito uma boa administração em João Pessoa. “Ele tem trânsito nos partidos e espero que isso possa acontecer. Mas não estou dizendo que vai ter esse acordo, ou aliança geral”, ponderou. Para Nabor, o momento ainda é de fortalecer o PMDB.