baixe nosso aplicativo

Cartaxo afirma que o povo tem estimulado sua candidatura ao governo e lembra trajetória de RC

Prefeito da Capital disse que reeleição o colocou em uma “vitrine política”, por isso tem recebido convites para percorrer o Estado

Por: Blog do Gordinho

0

icones whats

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSB), disse nesta segunda-feira (19), em entrevista ao programa Correio Debate, que tem recebido o estímulo do povo para uma eventual candidatura ao Governo do Estado. Cartaxo voltou a dizer que ainda não decidiu se deixará ou não o mandato no próximo ano para disputar o governo, mas revela que tem escutado a população sobre o assunto e recebido incentivos. Sobre as andanças que têm feito sistematicamente pelo Estado, o prefeito da Capital disse que sua reeleição em 2016 o colocou em uma “vitrine política” e lembrou o caminho percorrido pelo governador Ricardo Coutinho.

Leia também: Presidente do PSD minimiza ‘disputa’ entre Romero e Cartaxo: “Estaria incomodado se não tivéssemos nomes”

‘Não sou dos que apostam no insucesso de alguém para crescer’, diz Romero sobre investigações da Lagoa

“A vitória expressiva que nós tivemos em João Pessoa nos colocou nessa vitrine. A reeleição propagou-se de tal maneira que a gente tem recebido muitos convites. Nós temos um exemplo aqui na eleição para governador, o atual governador foi prefeito duas vezes. Então esse ciclo aconteceu da vez passada”, disse Cartaxo ao lembrar que 30% dos votos do eleitorado da Paraíba estão concentrados na Região Metropolitana de João Pessoa.

Perguntado se esta “indecisão” não o prejudica diante de uma disputa interna com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), que não esconde o desejo de concorrer e até já colocou seu nome à disposição do partido, Cartaxo afirmou que não está “indeciso” e que apenas considera o momento inoportuno.

“Não é uma questão de indecisão. Este não é o momento oportuno nem correto de se tomar uma decisão, de se fazer uma aliança política, de se antecipar o processo eleitoral. Eu tenho um compromisso com a cidade de João Pessoa, eu acabei de ser reeleito, eu não posso encurtar o meu mandado”, disse.

O gestor também não descartou a possibilidade de manter-se na Prefeitura de João Pessoa até o fim do mandato. “Claro que tem essa possibilidade! Se eu não defini se serei candidato a governador! Nós estamos conversando, ouvindo a população”, disse, acrescentando que tem recebido incentivo da população.  “Aonde eu passo eu tenho sido estimulado a essa decisão, mas tenho os pés no chão. Tenho noção da minha responsabilidade, dos meus compromissos com a cidade e vou continuar trabalhando pela cidade”, disse.