baixe nosso aplicativo

Cartaxo admite novos cortes diante do cenário de crise que se mantém no país

De acordo com o gestor, os primeiros três meses de governo do próximo mandato já estão planejados, mas garantiu que sua equipe está fazendo um acompanhamento de todas as ações.

Por: Blog do Gordinho

0

icones whats

cartaxoO prefeito reeleito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), admitiu cortes na administração devido à crise que se mantém no país. De acordo com o gestor, os primeiros três meses de governo do próximo mandato já estão planejados, mas garantiu que sua equipe está fazendo um acompanhamento de todas as ações.

“O cenário nacional sinaliza para um ano de muito aperto, nós temos clareza disso. Nós temos uma recuperação muito tímida da economia do país, mas do ponto de visto orçamentário da União para o município, a gente percebe que não tem grandes novidades de investimento do governo federal. Vamos estar sempre atentos a esse cenário, fazendo a nossa articulação do ponto de vista da gestão, apresentando resultados importantes para a cidade porque tivemos a capacidade de pensar a longo prazo e vamos entrar em 2017 com ações mantidas e melhoradas. Não é tarefa fácil, é preciso ter planejamento, fazer cortes. Nós vamos fazer esse acompanhamento até o final do ano para entrar em 2017 com tudo isso resolvido”, declarou.

Ele também considerou natural garantir a participação do PSDB em seu novo governo. Cartaxo já havia antecipado que só iniciará as discussões sobre composição do segundo mandato no final do mês de novembro.

“O PSDB já teve oportunidade de contribuir conosco na Secretaria de Comunicação, na época com o vereador Marcos Vinicius. É um partido que está na nossa base aliada, que participou da nossa campanha e que está na nossa coligação. É um processo natural que possamos fazer uma composição com os partidos que estão na nossa base, não há nenhuma dificuldade nesse sentido”, falou.